by Tânia Gori

Oregáno – A erva da Alegria

Nome Popular: Orégano

Nome Científico: Origanum vulgare

Partes das Plantas a Serem Usadas: Folhas

Planeta: Mercúrio

Elemento: Ar

Gênero: Masculino

Deidades: Hermes

Função Terapêutica: Seu uso constante combate vários tipos de doenças como: tosse, doenças do pulmão, dores musculares, indigestão, dores articulares e dor de dente. Por ter um cheiro forte, se a planta for passada na pele também funciona como repelente de formigas e fungicida. Não tem contraindicações conhecidas e seu consumo é incentivado também durante o período de gestação e de lactação. Apresenta-se de maneira positiva também no auxílio de tratamentos contra insônia, estresse, cansaço nervoso, febre e dores reumáticas. Se for utilizado de maneira externa também ajuda a combater a celulite. Nele também é encontrado um agente estrogênico, isso quer dizer que ele reduz as dores menstruais e diminui todos os sintomas da Tensão Pré-menstrual, a famosa, TPM. No organismo o orégano funciona como diurético, diminuindo a retenção de líquidos, e de quebra luta contra os radicais livres, ou seja, evita o envelhecimento precoce da pele e de todos os órgãos do corpo. O tempero fresco contém uma alta quantidade de oxidantes, estudos recentes mostram que uma colher de sopa da especiaria tem a mesma quantidade de antioxidantes que uma maçã, além de combater doenças que atacam o coração.

Combate a tosse, as doenças do pulmão, as dores musculares; Afecções estomacais: indigestão, gases, cólicas, enjoo; Cetaléias e queixas nervosas; Afecções respiratórias, dores articulares e musculares; Dor de dente; Repelente de formigas; Anti-bacteriana, fungicida, antioxidante; Agente estrogênico. Uso pediátrico: As mesmas indicações possíveis. Uso na gestação e na lactação: O orégano é classificado como planta segura. A segurança e a eficácia do orégano em doses acima das recomendadas não foi estabelecida, portanto as gestantes devem evitar quantidades acima daquelas encontrada em alimentos.

Aromaterapia: Poderoso antioxidante óleo essencial misturado à água do banho, é extremamente relaxante.

Contra Indicações: Nenhuma contraindicação foi identificada. O orégano é reconhecido com seguro para o consumo humano. Sensibilidade alérgica é rara, mas já foi relatada.

Função Mágica: Estimula a alegria e a comunicação. Seu poder está ligado à proteção, ao amor, à saúde e ao dinheiro. Para poderosa proteção, coloque um pouquinho de folhas secas nos cantos da casa, renovando a cada 30 dias.

Habitat\Cultivo: O orégano comum ou selvagem é uma planta perene que cresce na região Mediterrânea e na Ásia, sendo muito cultivado em todo o mundo.

Clima – O orégano é uma planta que cresce melhor em clima ameno ou em clima moderadamente quente, mas pode ser cultivado em uma faixa de temperaturas indo de 4°C a 32°C. O ideal é que a temperatura fique entre 21°C e 25°.

Luminosidade – O orégano necessita de alta luminosidade e deve receber luz solar direta ao menos por algumas horas diariamente. Quanto mais luz solar receber, mais pungentes e aromáticas serão suas folhas.

Solo – O solo deve ser bem drenado e de preferência fértil, embora o orégano possa crescer mesmo em solos pobres. A planta é bastante tolerante quanto ao pH do solo, mas o ideal é que o pH esteja entre 6 e 8. A planta cresce melhor em um solo calcário.

Irrigação – Irrigue com frequência para que o solo seja mantido levemente úmido. Se as plantas estão bem desenvolvidas, não há problema se o solo secar por um curto período entre uma rega e outra. Tanto a falta quanto o excesso de água prejudicam o orégano.

Plantio – O orégano pode ser propagado por sementes, por divisão de touceiras ou por estaquia, sendo estes dois últimos métodos os preferidos, uma vez que o plantio por sementes exige mais tempo para o crescimento das plantas e início da colheita.

As sementes podem ser plantadas diretamente no local definitivo da horta, ou podem ser plantadas em sementeiras, pequenos vasos ou copinhos feitos de papel jornal com aproximadamente 10 cm de altura e 5 cm de diâmetro. Neste caso, as mudas de orégano são transplantadas quando têm 4 pares de folhas definitivas. A germinação das sementes geralmente ocorre em duas semanas. Em locais onde o inverno não é rigoroso e a planta é cultivada como uma perene, as plantas formam touceiras lenhosas com raízes bastante emaranhadas. A cada 2 ou 3 anos, estas podem ser divididas e utilizadas para aumentar o número de plantas. A desvantagem é que plantas velhas geralmente produzem folhas que não são consideradas tão saborosas quando as folhas de plantas mais jovens. O plantio por estaquia, ou seja, por ramos cortados de plantas adultas saudáveis, é o método ideal, pois produz plantas que são idênticas a planta mãe e estas levam menos tempo para crescerem. Corte ramos com aproximadamente 15 cm de comprimento e remova as folhas deixando apenas as mais próximas da extremidade do ramo (deixe 3 ou 4 pares de folhas). Mergulhe a metade inferior do ramo em um recipiente com água até que surjam raízes e então plante no local definitivo. O espaçamento entre as plantas de orégano pode ser geralmente de 30 cm, mas este valor pode variar com o tamanho do cultivar ou da espécie de orégano. O orégano também pode ser cultivado facilmente em jardineiras e vasos de tamanho médio ou grande.

Tratos culturais – Retire plantas invasoras que estejam concorrendo por nutrientes e recursos.

Colheita – A colheita das folhas pode começar quando a planta estiver com pelo menos 20 cm de altura. Considera-se que as folhas tem o melhor sabor na época em que começam a surgir as flores. As flores também são utilizadas como condimento, e devem ser colhidas assim que abrem. O sabor das folhas é mais forte quando estão secas, e esta é geralmente a maneira em que são usadas. As folhas frescas podem ser deixadas para secar em um local escuro, quente, seco, e que seja bem ventilado. O orégano produz bem por 4 ou 5 anos se cultivado em clima adequado e em boas condições de cultivo.

Origem, História e Lendas da erva: O orégano é uma planta da família das Labiadas, e é conhecida como oregão, manjerona rasteira e manjerona silvestre. Várias espécies do genêro Origanum são nativas do Mediterrâneo usadas como tempero. A influência do clima, tempo e fertilidade do solo na composição dos óleos essenciais que dão seu aroma característico é maior que a diferença entre as varias espécies. Uma planta muito parecida é a manjerona, que tem um sabor um pouco diferente por causa de compostos fenólicos presentes em seus óleos aromáticos com alguns efeitos alucinógicos. Orégano tem alta atividade antioxidante pela presença de ácido fenólico e flavanoides. Adicionalmente tem propriedades antimicrobianas contra bactérias como Listeria monocytogenes e outros patógenos presentes nos alimentos, o que faz com que ajude a preservar alimentos.

A medicina grega usava o orégano como chá para convulsões e antídoto para venenos narcotizantes. Considerado pelos antigos romanos como símbolo da paz e da felicidade, é originário do Mediterrâneo Oriental e Ásia, em colinas com boa insolação. 

Aplicação na culinária: É um ingrediente insubstituível na culinária italiana, onde é utilizado em molhos de tomate, vegetais refogados, carne, e na pizza. Junto com o manjericão dá o caráter da culinária italiana. Em Portugal os orégãos são indispensáveis na confeção de caracóis, e é usado também em caldeiradas e em saladas de tomate equeijo fresco ou requeijão. Aparece também, ainda que em menor medida, nas cozinhas espanhola, francesa, mexicana e grega.

Receitas Encantadas:

  • O orégano é um ótimo presente para se dar a pessoas tristes ou que sofrem de algum mal espiritual, ele traz alegria e leveza para a alma e para o ambiente, 
  • Protege a casa de influências negativas e colocada em bolsinhas mojo dentro do travesseiro, ajuda na tomada de decisões difíceis. 
  • Temperar a comida desejando a alegria e a cura para quem precisa, também funciona perfeitamente.
  • Para paz, polvilhe o orégano em alimentos que serão consumidos em grupo, este gesto trará a harmonia familiar. 
  • Polvilhar um pouco de Orégano ao redor de casa, traz proteção. 
  • Confeccionar um saquinho de pano branco e enche-lo com orégano é perfeito para ter sempre a paz e harmonia com você. 
  • Se tiver plantado em casa ele atua como escudo protetor contra o mal.

Batatas da Alegria

Ingredientes

4 batatas grandes

100g de mussarela ralada

Sal, orégano e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo

Cozinhe as batatas até que fiquem tenras. Descasque-as e corte-as em fatias de espessura média. Distribua as rodelas em uma assadeira e salpique sal e pimenta do reino para temperar. Em seguida, acrescente a mussarela ralada e o orégano. Como as batatas ainda estarão bem quentes, é só colocar para gratinar por alguns poucos minutos. Quando o queijo estiver dourado você já poderá servir. Se quiser, pode regar as batatas depois de prontas com um fio de azeite de ervas. Fica muito bom!

Croûton de orégano

Ingredientes

2 fatias de pão de forma tradicional amanhecido
2 colheres (sopa) de azeite de oliva extravirgem
Orégano a gosto
Sal a gosto

Modo De Preparo

2 fatias de pão de forma tradicional amanhecido
2 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem
orégano a gosto
sal a gosto

Pré-aqueça o forno a 180ëC. Retire as bordas dos pães. Corte em quadrados não muito grandes e regulares. Regue os pães com azeite. Tempere com sal e orégano. Coloque no forno quente por aproximadamente 12 minutos. Sirva imediatamente ou guarde em recipiente fechado e seco

Pão de Orégano

Ingredientes

1/2 xícara de azeite de oliva

1/2 xícara de queijo parmesão ralado

2 e 1/2 xícaras de leite morno

3 colheres (sopa) de orégano

7 xícaras de farinha de trigo

30 gramas de fermento biológico
Modo de preparo

Dissolva o fermento com um pouco de leite, depois misture os demais ingredientes. Sove bastante, deixe crescer por 20 minutinhos. Divida em 20 pãezinhos e espere crescer novamente até dobrar de volume. Faça uma mistura com azeite, 1 colher (sopa) de orégano e 2 colheres (sopa) de queijo ralado. Use essa mistura para pincelar os pães. Asse em forno pré-aquecido em 200ºC.

Pasta da Alegria e da Felicidade

Ingredientes

1 pote de creme de ricota light (250g) – 366 calorias

3 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem – 324 calorias

Orégano a gosto – 0 calorias?!!

Modo de preparo:

Misture tudo num potinho e pronto! Eu guardo com filme plástico na geladeira por até uns 10 dias, o suficiente pra usar tudo (ou quase tudo). Se você quiser ter mais controle, também pode fazer a misturinha na hora, em pequena quantidade. Junte uma colher de sopa da ricota light com um fio de azeite e temperos a gosto antes de passar no pão ou no biscoito água e sal.

Alho da Purificação e alegria

Ingredientes:

4 cabeças de alho

sal a gosto

azeite de oliva a gosto

1 colher (chá) de orégano

1 colher (chá) de alecrim

Modo De Preparo:

Corte a parte superior das quatro cabeças de alho. 2- tempere com sal, orégano, alecrim e regue com azeite de oliva. Coloque em uma travessa e leve ao forno pré aquecido a 180° por aproximadamente 40 minutos.

Biscoitinho da Alegria

Ingredientes

500 g de farinha de trigo

50 g de fermento granulado para pão

½ xícara de (chá) leite quente

1 cebola média

1 xícaras de (chá) óleo

2 colheres de (sopa) de orégano (ou a seu gosto)

1 colher de (café) de sal

Modo de Preparo

Bater todos os ingredientes, exceto a farinha, no liquidificador. Misture em uma tigela com a farinha de trigo. Amasse bem. Divida a massa em 8 partes e com cada parte faça rolinhos. Corte cada rolinho na espessura de um dedinho. Asse em forno preaquecido, em temperatura média, até ficar dourados. Não é necessário untar a forma

Conserva de Berinjela – Alegria e Purificação

Ingredientes

1 kg de berinjela média

1 colher (sopa) de sal . 12 g

1/2 maço médio de orégano fresco. 16 g

1/2 maço médio de salsinha. 50 g

2 dentes de alho . 16 g

2 xícaras (chá) de vinagre de vinho branco . 480 ml

1 xícara (chá) de azeitona verde picadas . 150 g

1 xícara (chá) de azeite de oliva espanhol . 200 g

1 colher (chá) de pimenta-malagueta em conserva . 1,5 g

Pão para acompanhar

Modo de Fazer

Lave as berinjelas, tire o pedúnculo verde, descasque-as e corte em rodelas finas. Espalhe-as em uma assadeira refratária (29 cm x36 cm) e polvilhe 1 colher (sopa) de sal. Cubra as berinjelas com filme plástico e pressione-as com um objeto pesado. Deixe na geladeira por 4 horas. Lave o orégano e a salsinha em água corrente. Coloque-os em uma tigela com solução sanitizante. Siga as especificações do fabricante. Em seguida, escorra a solução, seque as ervas com toalha de papel e separe somente as folhas. Pique-as finamente e reserve. Descasque os dentes de alho, corte em lâminas bem finas e reserve.  Esprema as berinjelas embaixo da água e enxágue-as com o vinagre. Deixe-as repousando por mais 3 horas. Em seguida, esprema as berinjelas novamente e transfira para um recipiente de vidro (bem limpo e seco). Incorpore as ervas (o orégano e a salsinha), o alho, as azeitonas, o azeite de oliva e a pimenta. Misture delicadamente e acerte o sal se necessário. Tampe o vidro e leve a geladeira por mais 2 horas. Sirva com pão ou torradas.

Atum para equilíbrio emocional

Ingredientes

Atum
4 postas de atum (600 g)
1/2 colher (chá) de sal
2 colheres (sopa) de suco de limão
1 colher (sopa) de orégano
1/4 de xícara (chá) de óleo de girassol

Tomate frito
4 tomates médios cortados em rodelas
1/2 colher (chá) de sal
1/4 de xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de óleo de girassol
1/4 de xícara (chá) de manteiga

Modo de preparo:

Em uma tigela média, tempere as postas de atum com o sal, o suco de limão e o orégano. Deixe descansar por 30 minutos. Reserve. Numa frigideira média, aqueça o óleo. Frite as postas de atum por dois minutos, vire-as e deixe por mais dois minutos. Retire e reserve. Tomate frito: Tempere as rodelas de tomate com o sal e passe-as na farinha de trigo. Na mesma frigideira utilizada no preparo das postas de atum com orégano aqueça o óleo com a manteiga sobre fogo médio. Frite as rodelas de tomate por dois minutos, vire-as e frite por mais dois minutos ou até que fiquem macias. Sirva como acompanhamento para as postas de atum com orégano.

Carne Grega para alegria e felicidades

Ingredientes

2 pães pita (ou pão árabe)

300g de carne de cordeiro ou de porco

1 cebola vermelha

1 dente de alho

1 colher de sopa de vinagre

150 ml de azeite

1 colher de chá de orégano

1 colher de chá de cominho

2 folhas de alface

1 tomate

Molho branco de kebab

sal

Pimenta do reino moída na hora

Modo de preparo:

Corte a carne em tiras e adicione azeite, vinagre, cominho e orégano, sal e pimenta. Misture e reserve na geladeira por 2 horas. Em uma panela quente com um pouco de óleo, frite a cebola e o alho finamente picados. Adicione a carne marinada e cozinhe por 2 ou 3 minutos. Corte o pão pita na metade. Coloque uma folha de alface e metade carne, tomate fatiado e meia cebola. Adicione uma colher do molho branco para kebak e fechar o seu pão. Faça o mesmo com o segundo pão pita. Coma imediatamente com batatas fritas.

Omelete das grandes realizações

Ingredientes

5 ovos

1 creme de leite (sem soro)

Sal

Orégano

Carne moída

Cebola

Alho

Tomate

Tempero Verde

Modo de preparo:

MASSA: bater os ovos, creme de leite, sal e orégano;

RECHEIO: preparar a carne moída com o alho, cebola, tomate, tempero verde e sal.

1º Camada de carne;
2º Camada de queijo Cheddar;
3º Camada da massa;
4º Camada de carne;
5º Camada de cebola em rodela;
6º Camada de massa;
7º Camada de Mussarela e Parmesão;

Colocar para assar até ficar cheiroso.

Farofa para resolução de problemas

Ingredientes

02 cebolas fatiadas
03 dentes de alho fatiados ou picados
1 e 1/2 colher (sopa) cheia de manteiga ou margarina
100 gr de farinha de mandioca
1/2 tablete de caldo de galinha
Sal a gosto (se necessário)

Modo De Fazer:

Em uma frigideira coloque a manteiga o alho e a cebola e deixe-as bem coradas (fritas). Acrescente mais manteiga se necessário e o caldo de galinha e dissolva-o bem. Junte a farinha de mandioca aos poucos, o orégano e o sal se for necessário.

Receitas Terapêuticas:

Alívio dos sintomas da TPM:

Coloque uma colher de sopa de folhas de orégano, secas ou não, numa xícara; Esquente uma xícara de água e desligue assim que surgirem as primeiras bolhas de fervura; Despeje a água na xícara contendo o orégano e tome assim que esfriar. O consumo do chá deve ser feito de duas a três vezes ao dia, sem que se ultrapasse o limite de 12 horas entre um consumo e outro.

Para asma: decocção 30 g de sumidades floridas em 1 l de h20 por 10 minutos. Amornar e adoçar com mel.

Má digestão: infusão 1/2 l de água fervente e 10 gs de sumidades floridas.

Loção para caspa: Ferva 30 g de orégano em 1 litro de água por 10 minutos. Coe e enxague os cabelos limpos.

Uso caseiro: Bom para estimular o apetite. Macerado para o apetite: 50 gs de orégano em 1 litro de vinho branco seco. Macere por 08 dias. Coe e tome dois cálices por dia

Posologia: Como tempero, ad libidum; Adultos: 10 a 20ml de tintura divididos em 2 ou 3 doses diárias, diluídos em água; 2g de erva seca (1 colher de sopa para cada xícara de água) em infuso até 3 vezes ao dia em intervalos menores que 12hs; O óleo essencial é usado em Aromaterapia; A planta fresca pode ser usada na preparação de óleos e alimentos. 

ABSCESSOS E NEVRALGIAS: – Decocção para fricções e Cataplasma – Em 1 cálice de vinho tinto, cozinhar 10 gr de flores e folhas. O líquido deve ser utilizado para fricções leves e para lavagens. As folhas e flores devem ser aplicadas sobre a região afetada. Repetir o cataplasma duas vezes ao dia. 


ASMA: – Decocção – Ferver por 10 minutos 30 gr de sumidades floridas em 1 litro de água. Filtrar o líquido quando estiver morno, adoçar com mel e tomar durante o dia. 


BRÔNQUIOS: – Decocção – Colocar 15 gr de sumidades floridas e de folhas em ½ litro de água. Deixar ferver por 5 minutos. Filtrar e consumir em 3 vezes, durante 1 dia. Antes de beber a decocção, aquecer em banho-maria. – INFUSÃO: – Em 1 xícara de água bem quente, colocar uma colher pequena de sumidades floridas. Filtrar em seguida, adoçar com mel e beber. Repetir a dose 3 vezes ao dia. 


DENTES: – Adquirir em farmácia um pouco de óleo de Orégão, ensopar um pedaço de algodão e introduzi-lo com a ajuda de um palito, na cavidade produzida pela cárie. 


DEPURATIVO: – Infusão – Colocar um pouco de sumidades floridas e de folhas em 1 xícara de água. Filtrar o líquido quando morno e beber. 


ESTÔMAGO: – Infusão – Colocar 10 gr de sumidades floridas de Orégano em ½ litro de água fervente. Filtrar em seguida. Adoçar com mel e beber o líquido quente em 2 vezes. 


MENSTRUAÇÕES DIFÍCEIS: – Infusão – Colocar 1 colher de sumidades floridas em 1 xícara de água fervente. Filtrar e beber, repetindo a dose 2 vezes ao dia. 


ESTERNUTATÓRIO: – Reduzir a pó finíssimo uma pitada de sumidades floridas e de folhas de Orégano, utilizando-a como se faz com rapé. O pó provoca espirros que aliviam a cabeça. 


REUMATÍSMO: – Decocção – Ver Brônquios. Beber a decocção em xícaras durante o dia, nos períodos de crises. 


Xarope para tosse

Você vai precisar de:

1 colher (sopa) de mel puro

1 colher (café) de orégano

Modo de Preparo:

Coloque os dois ingredientes em um recipiente de vidro e leve ao microondas para aquecer por alguns segundos. Esse processo também pode ser feito no fogão, em banho-maria. O ideal é que o mel fique morno. O xarope deve ser tomado morno, de 2 a 3 vezes por dia. Como as folhinhas secas podem irritar a garganta, vale a pena coar o mel antes de consumir.

Óleo Corporal da Alegria

Ingredientes

– 1 col. (sopa) de gengibre ralado
– 1 col. (chá) de orégano
– 1 castanha-da-índia
– 50 ml de óleo de coco

Modo de fazer

Misture todos os ingredientes e bata no liquidificador. Coe e coloque em um recipiente de vidro que seja bem vedado. Use sempre depois do banho ou quando sentir dores, fazendo os seguintes movimentos: – Deslizamento ascendente nos membros inferiores e superiores; – Circulares e de pinçamento nos glúteos, nas coxas e nos braços (na região do tríceps); – Deslizamento no abdome; – Circulares e deslizamento nos flancos, descendo até a região da virilha.  

Toque da Bruxa: A palavra orégano (de Origanum) tem origem grega e significa “alegria da montanha”. Para os gregos, a erva tinha o poder mágico de trazer felicidade.

Chá com a Bruxa Tânia Gori – Tema : Orégano

Texto e Pesquisa : Tânia Gori – Bruxa e Escritora.

Tagged as: , , , , , , ,

Gratidão pelo seu comentário ... Estarei respondendo assim que possível... Beijos Encantados ... Tânia Gori

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Universidade Livre Holística Casa de Bruxa

(11) 4994.4327
Segunda a Sexta : Das 10h as 22h
Sábado : Das 10h as 17h
Domingos : Ligar para verificação de quais estaremos funcionando.
%d bloggers like this: