by Tânia Gori

Romã – A Erva dos Bons Pensamentos.

Nome Popular: Romã, Romãzeira, Romanzeira, Romanzeiro.

Nome Científico: Punica granatum L.

Partes das Plantas a Serem Usadas: Fruta, raiz, folhas e caule.

Planeta: Vênus

Elemento: Água

Gênero: Feminina

Deidades: Perséfone e Afrodite

Função Terapêutica: 

Pesquisadores do Brasil e de outros países, afirmam que a Romã possui propriedades antioxidantes, previne doenças como o câncer de próstata, retarda o envelhecimento, baixa os níveis do mal colesterol, além de produzir uma série de outros benefícios à saúde.

Benefícios da Romã Para Estômago: A casca da Romã, e folhas são usadas para doenças do estômago ou diarréia causada por qualquer tipo de problemas digestivos. Beber o chá feito das folhas desta fruta também ajuda alivia os problemas digestivos. O Suco de Romã também é usado para o tratamento de problemas como disenteria e cólera.

Benefícios da Romã Para Coração: A ingestão regular de Suco de Romã pode manter um bom fluxo de sangue no corpo. Devido a esta propriedade, que, posteriormente, diminui o risco de ataques cardíacos e derrames. Os antioxidantes que estão presente na Romã ajuda a manter o colesterol ruim de ganhar qualquer presença significativa e, assim, mantém as artérias limpas de quaisquer coágulos. Os coágulos são diminuídos porque Romã tem a capacidade de tornar o sangue mais fino.

Benefícios da Romã Para o Câncer: A Romã é uma excelente fontes em antioxidantes chamados flavonóides. Estes flavonóides são conhecidos por serem eficazes na neutralização radicais livre que causam câncer. Pessoas que enfrentam alto risco de câncer de próstata e câncer de mama deve começar a beber o Suco de Romã, uma vez que irá ajudá-los a reduzir o risco de desenvolver câncer. O consumo regular de Romã podem reduzir os níveis de PSA no corpo e ajudar na luta contra as células cancerígenas existentes no corpo.

Benefícios da Romã Para os Dentes: Uma das melhores vantagens da Romã é que o seu sumo, juntamente com as suas propriedades anti-bacterianas e anti-virais, ajuda a reduzir os efeitos da placa bacteriana e protege contra várias doenças orais.

Benefícios da Romã Para Osteoartrose: A Romã ajuda a reduzir as doenças de muitas formas, incluindo aterosclerose e osteoartrite. Os danos que são causados devido ao espessamento e endurecimento da parede arterial e nas cartilagens e articulações podem ser curadas pela sua ingestão. Além disso, as Romãs são capazes de impedir a criação de enzimas que são responsáveis pela quebra do tecido conjuntivo no interior do corpo.

Benefícios da Romã Para Anemia:  A Romã Ajuda a manter umo fluxo sanguíneo saudável.

Benefícios da Romã Para Diabetes: Para os pacientes diabéticos, o Suco da Romã podem reduzir o risco de várias doenças coronárias. Juntamente com isto, há uma redução no endurecimento das artérias, que podem inibir o desenvolvimento de diversas doenças cardíacas.

Contra Indicações: Não ingerir excesso de extrato da planta, pois em altas doses ela é tóxica, podendo produzir grave intoxicação, atingindo o sistema nervoso central, provocando paralisação dos nervos motores e conseqüentemente morte por parada respiratória. Por segurança, não deve ser usado para crianças menores de 12 anos.

Função Mágica: Fruta do amor, da paixão, aumenta a auto-estima. Traz prosperidade e bons pensamentos.

Habitat\Cultivo: Arbusto ramoso ou arvoreta de até 3 metros de altura, que produz frutos comestíveis de até 12 cm de diâmetro, com sementes envoltas por um líquido adocicado. A romã, Punica granatum, pode ser plantada e propagada por estaquia ou sementes. A romãzeira é um arbusto ereto, vertical, que varia entre 2 a 5 metros. Prefere o clima ameno, mas se adapta a outros climas.

Como plantar romã?

As sementes de romã germinam facilmente, se não deixar o substrato secar. Germinam mesmo se não cobertas com a terra. Plantar romã não tem mistério. Deixe as sementes em cima da terra. Para plantar a romã coloque sob o sol indireto, ou seja, apenas claridade, para não correr o risco de secar demais a terra e não germinar. Para plantar romã, é melhor plantar primeiro em um vaso ou recipiente separado, como em uma sementeira. Quando ela já estiver transplante para um vaso maior. Para transplantar a romã para o lugar definitivo no solo, ela já deve possuir um bom tamanho, quando estiver mais resistente. Para cuidar da romã, já adulta, ela vai precisar de sol direto e constante, no mínimo 4 horas diárias. A época ideal para plantar romã é no início da primavera, começo de setembro, por ser uma época chuvosa. Isso não quer dizer, que é impossível plantar romãs em outros meses, só terá que ter cuidado para manter o plantio úmido.

Plantar romã em vasos

A romãzeira gosta de terra rica em matéria orgânica, caso você queira plantar romã em vaso, precisará adubar frequentemente. Tanto a cova no chão, quando a medida do vaso, devem ser de aproximadamente 60 cm x 40 cm. Caso for plantar a romã em vaso, deve-se fazer a drenagem de água, colocando argila expandida (encontrada em Garden centers) ou pedras no fundo do vaso. A drenagem evita que a água fique presa no vaso e apodreça as raízes, por exemplo.

Adubos para plantar romã

adubação para plantar romã não pode ocorrer durante a floração, é preferível que se adube em outono, dando preferência ao fósforo. Os adubos químicos para plantar romã são esterco curtido, farinha de ossos e o superfosfato simples. Para adubos NPK (Nitrogênio, Fosfóro e Potássio).  Se você está começando a plantar, não se preocupe nos primeiros momentos com os adubos ! Você precisa comprá-los e sempre há o risco de errar a mão e colocar demais, prejudicando e muito a planta, no caso, a romãzeira. Preocupe-se com os adubos da romãzeira alguns meses depois dela germinar. Quando ela tiver maior, você terá maior atenção e cuidado com a romã, por ela já estar grande. 

Origem, História e Lendas da erva: 

A romã sempre foi uma fruta comum e presente no cotidiano do Oriente Médio. Possivelmente pelo fato de a mesma possuir todas aquelas sementes comestíveis em seu interior, os gregos passaram a associá-la ao amor, virilidade e fecundidade. A romãzeira, na mitologia grega, é uma árvore consagrada à Afrodite (deusa do amor), e até hoje, os gregos acreditam que a fruta possui propriedades afrodisíacas. Não se sabe de onde e nem como surgiu a lenda de que a romã dá sorte, mas de acordo com Frederico Cesarino, mestrando em Sociologia pela Universidade Federal do Amazonas e pesquisador da relação entre os homens e os vegetais, ela é provavelmente a única fruta com essa configuração de sementes com polpa comestível. “Essa propriedade física da fruta (sementes em abundância), faz com que cada povo a interprete da forma que lhe convier, e a relacione com aquilo que mais lhe importa: hebreus a veem como prosperidade financeira, romanos a viam como prosperidade bélica (tirava o azar nas guerras, politica e construções) e gregos a relacionam com o amor. São várias as simpatias que estão relacionadas com essa fruta e praticamente todas falam de amor e prosperidade (herança dos gregos, romanos e árabes e judeus do oriente médio). 

Existe muitas lendas, mitos, superstições e curiosidades, que foram criadas em torno dessa saudável fruta, com origem nos quatro cantos do mundo desde os tempos bíblicos. A começar pelo fato de que a Romã não é propriamente uma fruta, ou fruto, e sim uma infrutescência.

Isto é, uma parte da planta que esconde as sementes. Neste caso, cobertas por sumo de sabor adocicado e agradável ao paladar. Poucas “googladas” nos revelam muito sobre o que dizem as pessoas, os pesquisadores e estudiosos sobre o simbolismo e o poder medicinal da fruta. 

Algumas pessoas dizem que atrai fortuna. Para outras, ela é a fruta do amor e há quem jura que a Romã é o viagra caseiro. Há estudos científicos comprovando que o suco de Romã, tomado diariamente, aumenta o nível de testosterona no corpo. Muitos a tem como símbolo da fartura e fertilidade. 

Verdade é, que desde o início do seu cultivo na antiga Pérsia (Irã), no ano 2.000 A.C., a romã está ligada a um forte estigma de simbologia, poder “milagroso” e misticismo. Citada comumente na Bíblia, em vários contextos no antigo testamento, seu simbolismo religioso também está presente no Judaísmo. Conforme disse o famoso rabino norte-americano, radicado no Brasil há vários anos, Henry Sobel: “A romã é uma das sete frutas pelas quais a terra de Israel foi abençoada”. “Em um trecho do Talmud, o povo judeu é comparado às romãs. A passagem diz assim: “Teu tempo é como um pedaço de romã…” (Shir Hashirim 4:3) O que é interpretado da seguinte forma: “até os mais vazios entre vocês estão repletos de boas ações como a romã (repleta de sementes)”. 

Entretanto, existe um fato ainda mais curioso e importante acerca da Romã. Ela também faz parte do conjunto de símbolos, emblemas e alegorias adotados pela Maçonaria, no mister da aprendizagem filosófica e do aperfeiçoamento espiritual de seus iniciados. Inclusive, faz parte da decoração das Lojas, assim chamados os lugares ou templos onde se reúnem periodicamente os maçons. Esculpidas, as romãs aparecem semi-abertas, em número de três, no topo de duas colunas representativas e igualmente simbólicas, interpostas no interior das lojas maçônicas. Muitas vezes, essas colunas aparecem dentro e fora dos templos, simultaneamente.

Mas qual é o significado simbólico da Romã para os maçons? Um dos grandes estudiosos da Ordem, o maçom Theobaldo Varoli Filho, diz o seguinte: “Como as romãs contém um grande número de semente, devem sugerir ao maçom fertilidade e abundância, no sentido de disseminar a Maçonaria em todo o Mundo”. Outro pesquisador famoso e escritor maçom, José Castellani, vai mais longe: “Os grãos reunidos em grupo, e que são separados de outros grupos por uma tênue película, mostram também que, embora divididos em Obediências e países, todos os maçons fazem parte do mesmo Corpo, simbolizado pela romã inteira”. Um trecho de um trabalho publicado na edição 300 da revista maçônica “A Trolha’ de vários autores, com o título “O Simbolismo da Romã”, define com propriedade o simbolismo da Romã na Maçonaria. Diz o seguinte: “A romã é uma e ao mesmo tempo múltipla. Seus grãos são rútilos, unidos, profícuos, cada um ocupando seu lugar harmonicamente no espaço que lhe é reservado dentro do seu compartimento, como os Maçons. Como um tecido biológico, composto por milhões de células. Retirada uma minúscula parte, continua existindo, mas a parte faltante deixa sua marca impressa no formato das partes vizinhas. Como um microcosmo, como um espelho do Universo, onde todos os componentes se completam, se necessitam, se atraem, se influenciam. E os compartimentos, tantos em número, e surpreendentes, parecendo infindáveis, se por um lado aparentam estar isolados uns dos outros, na verdade estão intimamente ligados, por fazerem parte do mesmo conjunto, tal como as diferentes Lojas Maçônicas, que apesar de terem sua vida própria, servem à mesma finalidade e formam um só todo”. Enquanto a romã representa aLoja e sua universalidade, as sementes representam os maçons.

Diz uma lenda sobre a Romã, que é impossível contar as suas sementes. Tal qual um mito muito difundido entre os próprios maçons e os “profanos”: “jamais sabereis quem somos e quantos somos”. 

Aplicação na culinária

Receitas Encantadas:

PARFAIT DE ROMÃ (rendimento: 2 porções)

Ingredientes:

1 envelope de gelatina sem sabor incolor

3 colheres de sopa de adoçante em pó para culinária

1 pote de iogurte natural desnatado

4 romãs

4 colheres de sopa de ricota

Modo de fazer:

Conforme  instruções da embalagem preparem a gelatina. Passe a ricota passada na peneira e misture, juntamente com o cream cheese e 1 colher do adoçante. Mexa bem para formar um creme homogêneo. Coloque-o em taças e ponha para gelar por três horas. Cobertura: leve a polpa da romã ao fogo com as outras 2 colheres do adoçante por poucos minutos, apenas até encorpar. Espere esfriar e despeje sobre as taças.

Bolacha de Afrodite

Ingredientes:

1+1/3 xícara de farinha
1/2 xícara de manteiga a temperatura ambiente
2/3 de xícara de açúcar
1 xícara de bagos de romã
1 ovo
1/2 colher de chá de fermento

Modo de fazer:

Bata o açúcar com a manteiga até ficar cremoso, junte o ovo e bata mais um pouco. Acrescente aos poucos a farinha misturada com o fermento até estar tudo bem misturado. Junte a romã e envolva bem na massa. Coloque colheradas de massa num tabuleiro forrado com papel vegetal e achate-as um pouco. Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC por cerca de 15 minutos.

Lombo de Persefone

Ingredientes:

– 500 g de bife de carne de porco
– 3 dentes de alho espremidos
– Sal e pimenta-do-reino a gosto
– 1/4 de xícara de suco de maracujá
– 1 colher de sopa de óleo
– 1/2 colher de sopa de manteiga
– 1 colher de sopa de xarope de romã

Modo de fazer:

Tempere a carne com sal, alho e pimenta. Junte o suco de maracujá e deixe mariando por 30 minutos. Escorra o líquido e reserve. Frite os bifes na manteiga com o óleo até ficarem dourados. Se sua frigideira for pequena frite os bifes aos pouquinhos e ao final coloque todos de volta na frigideira. Junte o suco de maracujá e o molho de romã. Deixe ferver em fogo brando por alguns minutos até que a carne fique bem passada e o molho resultante mais espesso. Sirva com o acompanhamento de sua escolha.

Simpatia de Reis

Apesar de muitos fazerem simpatias com a fruta na virada do ano, a mais conhecida é para ser feita no dia dos reis magos (6 de janeiro): Pegue uma romã e retire nove sementes, pedindo aos três reis magos, Baltasar, Belchior e Gaspar, que nesse ano que se inicia você tenha muita saúde, amor, paz e dinheiro. Depois, pegue três das nove sementes e guarde na carteira para que nunca lhe falte dinheiro. As outras três você engole. E as últimas três que sobraram você joga para trás, fazendo o pedido que desejar.

Receitas Terapêuticas:

GARGANTA INFLAMADA

Ingredientes e preparo:  Ferva 150ml (1 xícara de chá) de água com 6g de cascas de romã por alguns minutos. Coe e deixe tampado até amornar. Devem ser feitos no mínimo três gargarejos durante o dia para aliviar a garganta inflamada. O chá da casca desta fruta possui propriedades antissépticas e antiinflamatórias que combatem os microorganismos causadores da inflamação.

IRRITAÇÃO NOS OLHOS

Prepare um chá com as folhas da árvore de romã e deixe amornar ou esfriar e aplique compressas nos olhos com algodão. Faça isso várias vezes ao dia.

NAS INFESTAÇÕES DE TÊNIA (SOLITÁRIA) 

Deve-se usar o cozimento preparado com 40 a 60 gramas de pó da casca do tronco ou da raiz, com 100 a 200 ml de água, fervendo-se a mistura por 10 minutos, que deve ser coada ainda quente através de um pano fino. Toma-se esta dose dividida em 3 a 4 porções no intervalo de 1 hora, uma hora depois deve ser administrado um purgante de folhas de sena. Para reduzir o sabor amargo, podemos adicionar suco de limão, ou xarope de gengibre ou hortelã no cozimento (decocto). Esta mesma mistura pode ser usada para animais domésticos, em doses menores, para eliminar vermes em cães e gatos.

INFUSÃO, XAROPE, DECOCÇÃO. – Infusão da casca dos frutos, em gargarejo: aftas e dores de garganta;  Decocção de 3 colheres de sopa da casca do caule ou da raiz em 1 copo de água. Dividir em 3 doses a serem bebidas em um dia. No dia seguinte tomar um laxante. 

Toque da Bruxa: 

Este fruto saboroso pode ser consumido de várias formas:

  • Pode comê-la fresca e crua.
  • Polvilhe as sementes da romã numa salada para uma adição boa e nutritiva.
  • Beba sumo de romã engarrafado sem açúcar e sem conservantes. Recomendamos que dilua 1 parte em água para evitar picos de açúcar no sangue ou falhas.
  • Use um pouco de sumo de romã na salada ou num prato de verduras.
  • Adicione algum sumo de romã na sua receita de smoothie preferida.
  • Adicione o sumo de romã a sumos de cítricos para um delicioso cocktail.
  • Adicione alguma água mineral com gás ao sumo de romã para substituir os refrigerantes.

Texto e Pesquisa : Tânia Gori – Bruxa, escritora e fitoterapeuta.

Tagged as: , , , , , , ,

Gratidão pelo seu comentário ... Estarei respondendo assim que possível... Beijos Encantados ... Tânia Gori

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Universidade Livre Holística Casa de Bruxa

(11) 4994.4327
Segunda a Sexta : Das 10h as 22h
Sábado : Das 10h as 17h
Domingos : Ligar para verificação de quais estaremos funcionando.
%d bloggers like this: