by Tânia Gori

Salvia – A Erva da Purificação

Salvia

Nome Popular: Salvia,

Nome Científico: Salvia officinalis

Partes das Plantas a Serem Usadas: Folhas

Planeta: Venus / Jupiter

Elemento: Fogo

Gênero:Feminino

Deidades:Afrodite

Função Terapêutica:

1. Antisséptico

Se você tem problemas com cicatrização, saiba que uma compressa de água  preparada com sálvia, se aplicada diretamente sobre a ferida, pode apoiar a recuperação e regeneração da pele, reduzindo o impacto que poderia ser causado por bactérias e adversidades externas.

2. Depressão

Que os chás são excelentes calmantes, isso nós sabemos, mas o que foi descoberto é que a infusão de sálvia pode auxiliar no equilíbrio do humor e até mesmo reduzir os sintomas de casos de depressão.

3. Sistema cardiovascular

Rica em flavonoides e ácidos fenólicos, há benefícios da sálvia na prevenção de doenças cardiovasculares.

4. Menopausa

A sálvia é apontada como funcional para o controle e redução dos sintomas causados no período de menopausa. Sabemos que as mulheres lidam com diferentes desconfortos, e a erva pode agir diretamente sobre a mente e sistema nervoso. Em algumas pesquisas, foi identificado que algumas mulheres utilizam o óleo de sálvia para reduzir a sudorese noturna, comum nesses períodos. Afirma-se que a sálvia pode reduzir a sudorese em até 50%. As ondas de calor podem se tornar menos frequentes a partir da quarta semana de tratamento, e há também a busca pela versão da erva em cápsulas.

5. Pele

A alimentação incorreta também deixa evidências na pele. Os benefícios da sálvia estendem-se ao tecidos, oferecendo efeito antienvelhecimento, reduzindo impactos causados por rugas e marcas de expressão consequentes do avanço da idade. A sálvia é rica em substâncias antioxidantes que protegem o organismo contra a ação de radicais livres. Os principais nutrientes contidos na sálvia e que são capazes de contribuir com a proteção dos tecidos é a vitamina A e o Cálcio. A erva ainda pode auxiliar na prevenção e tratamento de infecções, agindo com poder anti-inflamatório e antisséptico, sendo conveniente inclusive para quem está sob tratamento de psoríase e eczema.

6. Cabelos

Contendo betasitosterol, a sálvia pode ser útil para homens que desejam prevenir a calvície. O óleo da erva é muito procurado para ser aplicado diretamente sobre o couro cabeludo. A sálvia também tem os seus efeitos otimizados se combinada com outras ervas, como o alecrim. O chá também pode ser aplicado para deixar os fios mais brilhosos e sem caspa. Se você deseja o crescimento dos fios, saiba que a sálvia também pode favorecer a melhor circulação de nutrientes no couro cabeludo, o que auxilia na revitalização de seu cabelo.

7. Anti-inflamatório

Há quem busque o consumo de sálvia para o tratamento de inflamações, tanto externas quanto internas. Inflamações na garganta e na pele são as mais buscadas para serem tratadas com a erva.

8. Memória

A erva é recomendada para o melhor desenvolvimento da memória. Os benefícios da sálvia ainda podem ser favoráveis para pessoas que precisam de tratamento para Alzheimer. Aqueles que desejam melhorar o rendimento nos estudos também podem contar com a contribuição da erva, já que ela oferece apoio para melhor atenção e desempenho mental.

9. Colesterol

A erva pode induzir à redução dos níveis de colesterol ruim, o LDL, assim reduzindo também as gorduras contidas na corrente sanguínea. Algumas pessoas que se submeteram a análise durante 60 dias puderam notar que os níveis de triglicerídeos e colesterol reduziram até 18%. Pode-se obter aumento de até 10% de HDL, enquanto o LDL foi reduzido significativamente.

10. Indigestão

A sálvia é recomendada para o tratamento e prevenção de doenças gastrointestinais e dispepsia. Ela pode estimular o funcionamento do estômago e reduzir a fraqueza do sistema digestório de modo geral. A erva estimula o funcionamento intestinal, reduzindo a possibilidade de má digestão e o funcionamento correto do pâncreas.

11. Diabetes

Para aqueles que desejam equilibrar os níveis de açúcar na corrente sanguínea, o extrato da erva também pode contribuir com efeitos anti-hiperglicêmicos, auxiliando no controle de glicose. Pessoas com diabetes tipo 2 podem obter estes benefícios da sálvia ainda mais superiores, mas é importante ressaltar que sem uma reeducação alimentar, sua contribuição pode ser mínima.

12. Asma

A sálvia pode agir como antiespasmódica, assim reduzindo as tensões no sistema respiratório, favorecendo a inalação e reduzindo a possibilidade de crises de asma. Inflamações e constipações nas vias nasais também podem ser prevenidas e tratadas com os benefícios da sálvia, justificados pelo efeito calmante que a erva pode oferecer sobre os músculos do sistema respiratório.

13. Perda de peso

O chá de sálvia pode ser importante para a perda de peso, pois ele oferece efeito diurético, que auxilia na eliminação de líquidos, evitando a retenção destes. A erva ainda pode contribuir com seus efeitos antioxidantes e estimulantes, o que apoia o funcionamento metabólico, otimizando a queima calórica. Com o corpo livre de toxinas, pode-se notar melhor os efeitos esperados de dieta e exercícios físicos, evidenciando a perda de peso significativa.

Contra Indicações:

Nenhum efeito colateral significativo foi relatado por voluntários saudáveis em 2 ensaios clínicos. Porém, em um estudo piloto aberto que, envolvendo a administração oral do óleo essencial de Sálvia lavandula-e folia a pacientes com doença de Alzheimer houve um aumento significativo na pressão sanguínea diastólica e sistólica que foram observados em 2 pacientes com hipertensão préexistente. Embora o óleo da sálvia contenha o composto tujona, o óleo não possuiu uma reputação tóxica . O óleo foi encontrado ser não irritante e não sensitizante quando aplicado topicamente, e em concentrações diluídas à pele humana.

Superdosagem: O uso do óleo essencial puro, em altas doses, pode provocar sintomas de intoxicação.

Função Mágica: Usada para limpeza e purificação de pessoas e ambientes. Seu poder está ligado à longevidade, sabedoria, proteção, e realização de desejos. Se pretende ter um vaso de sálvia ou cultiva-la em seu jardim, peça a alguém que a plante para você, pois a tradição afirma que dá azar plantar seu próprio pé de sálvia. Para realizar seus desejos, basta escreve-los numa folha de sálvia e dormir com essa folha sob o travesseiro durante 3 dias, após os quais ela deverá ser queimada sobre brasa de carvão. Em banhos, atua na resolução dos problemas e dificuldades, trazendo sabedoria. Coloque folhas de sálvia sobre um capacho para proteger a casa contra negatividade. Faça defumador com a erva seca na lua minguante para proteção. Combate a asma, bronquite, catarro pulmonar, dor de cabeça, gases, inflamação da garganta e boca, resfriado e sistema nervoso

Origem, História e Lendas da erva:

Em 1551, o ervanário William Turner registou que a sálvia “devolve o calor natural, reconforta os espíritos vitais, ajuda a memória e aviva os sentidos”. Tal exaltação não é inadequada, pois a sálvia é um tônico verdadeiramente versátil e eficaz.

Aplicação na culinária: Para tempero de peixes e carnes brancas.

Receitas Encantadas:

Vinho medicinal da sálvia – Acalmando a TPM

Planta medicinal: Sálvia (Salvia officinalis)

Material utilizado: As folhas e inflorescências da sálvia e vinho branco seco.

Modo de preparar o vinho medicinal da sálvia:

Colocar em uma garrafa de litro quatro colheres das de sopa de folhas e inflorescências secas da sálvia. Adicionar uma garrafa de 750ml de vinho branco seco. Deixar em maceração durante oito dias. Coar. Guardar de volta na garrafa de vinho usada. Quando e como usar o vinho medicinal da sálvia:

Indicação: Menstruação dolorosa.

Modo de usar: Tomar dois cálices, diariamente, durante os quinze dias que antecedem a menstruação.

Indicação: Transtornos da menopausa.

Modo de usar: Tomar um cálice ao dia. Repetir o tratamento pelo tempo necessário ao alívio.

Receitas Terapêuticas :

Modo de usar :

Auxiliar da digestão; sudorese excessiva das mãos e axilas : em 1 xícara de chá, coloque 1 colher de sobremesa de folhas e sumidades floridas, bem fatiadas e adicione água fervente. Abafe por 10 minutos e coe. Tome 1 xícara de chá, 2 vezes ao dia.

Escaras de decúbito; feridas; piolhos; aftas : em um frasco, coloque 3 colheres de sopa de folhas e sumidades floridas, bem picadas e adicione 1 xícara de chá de vinagre branco. Feche bem o frasco e deixe em maceração por 10 dias, em lugar quente ou ao sol. Coe em um pano e esprema o resíduo. Aplique nos locais afetados com um chumaço de algodão, de 2 a 3 vezes ao dia.

No caso de piolhos, aplique no couro cabeludo, faça massagens suaves inclusive na nuca, deixando agir por 2 horas. Em seguida lave bem a cabeça e passe o pente fino.

Menstruação dolorosa; distúrbios da menopausa : coloque 3 colheres de sopa de folhas e sumidades floridas fatiadas em 1 garrafa de vinho branco. Deixe em maceração por 8 dias e coe. Tome 1 cálice, 3 vezes ao dia, sendo que no caso de menstruação dolorosa, tome 1o dias antes do início da menstruação.

Mau hálito; afecções da boca gengivas ulceradas ou com sangramento., dentes manchados : coloque 2 colheres de sopa de flores e sumidades floridas, bem picadas em 1 xícara de chá de álcool de cereais a 70%. Deixe em maceração por 5 dias. Coe e armazene em frasco escuro.

Excesso de catarro : Com propriedades adstringentes, a sálvia combate infecções, tais como aftas e garganta inflamada, e seca o catarro. A infusão é um excelente bochecho e gargarejo para infecções locais. Em problemas recorrentes, a salva conjuga-se bem com ervas como a equinácea.

Memória fraca, stress e ansiedade : sálvia aparenta ser um remédio potencial para as fases iniciais da demência. As suas propriedades tranquilizantes ajudam a aliviar o stress e a ansiedade e melhoram a vitalidade mental e a memória. Para uso prolongado, é preferível a salva-de-folha-estreita, com um baixo teor de tuiona.

Posologia:

Até 12ml de tintura 2h antes de deitar ou divididas em 3 doses a cada 8h; Óleo essencial: 2 a 4 gotas, 3 vezes ao dia em água morna, para gargarejes e colutórios; Extrato alcoólico: 1 colher de café antes de deitar; 4g de folhas frescas ou 2g de folhas secas (1 colher de sopa para cada xícara de água) em infuso ou decocto leve após as refeições ou ao deitar; 30g de folhas frescas pra cada litro de água em infuso para enxágues, compressas, ou gargarejos. Interação medicamentosa: Nenhuma interação foi encontrada na literatura consultada.

Toque de Bruxa :

O nome latino significa ‘para curar’. Tradicionalmente, a sálvia e o seu óleo são usados para o tratamento de uma grande variedade de doenças; A fragrância da planta é dita suprimir o odor desagradável dos peixes. O óleo da sálvia é usado como fragrância em sabonetes e perfumes. A óleo e resina da sálvia também é usada na indústria culinária.

FLORAIS DE MINAS – dificuldades de compreensão e aprendizado; tendência a repetir erros na vida.

Chá com Tânia Gori – Tema : Salvia

Texto e Pesquisa : Bruxa e Escritora Tânia Gori

Tagged as: , , , , , , ,

Gratidão pelo seu comentário ... Estarei respondendo assim que possível... Beijos Encantados ... Tânia Gori

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Universidade Livre Holística Casa de Bruxa

(11) 4994.4327
Segunda a Sexta : Das 10h as 22h
Sábado : Das 10h as 17h
Domingos : Ligar para verificação de quais estaremos funcionando.
%d bloggers like this: