Poções & Encantos by Tânia Gori

A Força Mágica do Junípero

Reflexão do Agora

junipero

Junípero

Nome popular: junípero, zimbro, cedro, genebreiro, junípero, juníperocomum, zimbrão, , zimbro-anão, zimbrocomum, zimbro-rasteiro e zimbro-vulgar.

Nome científico: Juniperus communis

Astros: Sol, Júpiter.

Deidades: Marte, Ares.

Elementos: Fogo

Gênero: masculino

Partes da planta a serem usadas: Bagas

Função terapêutica: Problemas de pele: acne e pele oleosa, circulação como acumulo de toxinas, gota, obesidade e reumatismo. Sistema geniturinário (amenorreia, cistite). Sistema nervoso (ansiedade e tensão nervosa) , sistema imunológico (gripes, resfriados e infecções). Contraindicação: Não usar em mulheres gravidas, e pode ser levemente irritante. Não teve ser usado em pessoas com problemas renais.

Função mágica: Purificação do ambiente. Evita roubos, traz força e resistência. Usado em rituais de exorcismo, proteção, cura e amor. Evite acidentes. Atrai o amor. Na magia era tradicionalmente queimado para proteção contra os espíritos malignos.

Habitat e cultivo: Uma árvore perene que chega a atingir 6 metros de altura com agulhas verde azuladas características. Tem pequenas flores e bagos que são verdes no primeiro ano e pretos a partir do segundo ano. O óleo é amarelo claro e tem odor refrescante e lenhoso.

Origem, história e lendas da planta: Nos hospitais franceses costumam queimar galhos de Junípero e Alecrim para purificar o ar. Originário do hemisfério norte: Canadá. Norte da Europa, e da Ásia.

Aplicação na culinária: Especiaria.

Incenso para Inanna

1 parte de cedro

1 parte de junípero

1 parte de cipreste

1 parte de tamargueira

Queime durante os rituais mágicos para sintonizar a energia de Inanna.

Incenso para Saúde e proteção de seu lar

2 partes de sangue de dragão

2 partes de mirra

1 parte de junípero

½ parte de sassafrás

½ parte de flores de laranja

½ parte de pétalas de rosa

Queime para trazer saúde e proteção ao seu lar. Serve para presentear pessoas queridas.

Sachê Anti-Roubo

2 partes de alecrim

1 parte de junípero

1 parte de sementes de cominho

1 parte de sabugueiro

1 dente de alho

Amarre em um tecido branco e pendure na porta da frente para proteger a casa e seu conteúdo. Se você não apreciar o forte cheiro do alho, use uma pitada de pele de alho.

Toque da bruxa: Um ramo deste arbusto afugenta as cobras, pois traz consigo e de vários modos o signo exotérico da Trindade. Nos séculos XV e XVI foi usado para combater a peste. É comumente utilizado no preparo de gim. Em Portugal, encontra-se, sob a forma da subespécie nana, nos pontos mais altos da Serra da Estrela e da Serra do Gerês.

________________________________________________________________________________ Lembre-se que este material, foi elaborado para que você possa ter mais conhecimento e informação. Se for copiá-lo para outro uso, coloque a bibliografia mantendo os direitos e o trabalho de elaboração de Tânia Gori (taniagori@casadebruxa.com.br) UNICB – PABX: 11.4994.4327 / 11.2534.4001 – http://www.casadebruxa.com.br – Parte intergral do Curso Livre de Especialização em Fitoterapia e Botânica Oculta – by Tânia Gori 2015

Tagged as: , , , , , ,

Gratidão pelo seu comentário ... Estarei respondendo assim que possível... Beijos Encantados ... Tânia Gori

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Universidade Livre Holística Casa de Bruxa

(11) 4994.4327
Segunda a Sexta : Das 10h as 22h
Sábado : Das 10h as 17h
Domingos : Ligar para verificação de quais estaremos funcionando.
%d bloggers like this: